quarta-feira, 28 de julho de 2010

Capturando o vento

Tem vezes que só precisamos acreditar naquele sonho que temos...
Uma ótima semana a todos e assista o comercial Caputurando o vento.

terça-feira, 20 de julho de 2010

Mestrado em educação para adultos e desenvolviemnto local



A educação dos adultos deve ser transformada e cada vez mais preocupada com a adequação mundo moderno X aluno.
A teoria e prática acopladas através de debates, jogos e treinamentos.
o mestrado a cima ajuda a abrir a cabeça!

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Aulas de empreendedorismo

Certa vez fui questionado sobre minha formação. Dou aula de gestão de negócios e empreendedorismo, e acho que a turma aguardava de forma óbvia um curso de administração, economia ou engenharia d eprodução sendo dito de minha boca. Mas aí veio a surpresa: Sou formado em jornalismo. Mas isso pode? Veio a pergunta silenciosa nos olhos de meia dúzia de adolescentes. Eu então me sento na obrigação de entrar em um outro assunto da aula. Assunto este, que compartilho com vocês.
As profissões não são caixas fechadas de de faculdades específicas. Claro, tirando o caso de um médico, advogado e profissionais que precisem ser formados em determinada área para exercer a função.
Mas eu já vi geógrafos que são ótimos arquitetos. Filósofos que administram empresas de forma excelente e administradores apresentadores de programas de auditório. O que significa isso? A mais pura lição das inteligências múltiplas de Gardner e a visão plural de Vygotsky. Estamos aquipara usar nossas habilidades a nosos favor. Foi por causa de médicos criativos e visionários que a maioria dos máquinarios em hospitais e clínicas conseguiram acesso.
Minha visão jornalística me auxilia a encarar o mundo dos negócios com maior apelo comportamental, de marketing e de gestão. Colocando essas três bases como pilares fundamentais no mundo corporativo sem colocar maior força em nenhum deles.
Vamos sempre abrir a cabeça! Com essa frase terminei a explanação e abri pras dúvidas. O assunto que eu dava anteriormente só na aula seguinte, mas valeu a pena!

sexta-feira, 3 de julho de 2009

mês de reconstrução

O Jornada Empreendedora vai voltar na primeira semana de agosto. Cheio de novidades. Em uma nova interface,com conteudos atualizados e prontos pra ajudar a todos nessa caminha empreendedora.
É só aguardar!

quarta-feira, 3 de junho de 2009

The girl effect

Para mudar o mundo, basta começar pequenas mudanças. E normalmente, essasmudanças começam dentro de cada um de nós.

domingo, 17 de maio de 2009

Filosofia e empreendedorismo

Minha viagem empreendedora entra nos caminhos da filosofia. O empreendedor é um explorador do conhecimento. Nunca um estudioso apenas. Ele transpassa a academia , as teses, as simulações. Vai ao mundo real e bruto onde passa a lapidar com as ferrramentas que tem o seu objetivo. Ele deixa sua marca.


Aristóteles afirmava que todo Homem tem impulso pelo conhecimento. Mas aí, vago-me a pensar na diferença de impuslo para motivação. Talvez esta última varia a intensidade do impulso. E para ser empreendedor, o mergulho no conhecimento se torna inevitável. È assim que encontro um pequeno opúsculo com o título O que é o iluminismo? Nele, encontro o autor, Emmanuel Kant, usando o termo que preenche as lacunas do meu devaneio.”Sapere Aude- Ouse saber”.
A ousadia é o elixir que faltava para entendermos o conhecimento do empreendedor. Diferente de um simples amor platônico, quem empreende ama o que faz e não para nunca de fazer. Correr atrás. Ousar sair do ponto fixo, das certezas ditadas; dos dogmas impostos; da cultura aprendida desde cedo. Ousadia é dizer que Aristóteles não foi completo na sua teoria. Evidente que depois da ousadia há a necessidade de um embasamento para se diferenciar dos tolos que simplesmente se arriscam sem um propósito ou por mera rebeldia.
Questionar sempre devia ser um pressuposto para se manter vivo. Mas não é. É o básico para ser ousado. Para ser empreendedor.